1. Home
  2. Pesquisa Sobrenome
  3. Resultado da pesquisa
  4. Traço heráldico Camus

Sobrenome: Camus

Dossier: 613049
Tipo:Traço heráldico
Uma Traço heráldico é um ponto de partida para pesquisadores e ainda não foi revisada; um Pré-visualização heráldica e genealógica é um dossiê com maior confiabilidade.

Se você comprar um de nossos documentos heráldicos uma nova investigação heráldica completa é realizada por um heraldista experiente.

Língua do texto: Español
Nobreza: Señores - Caballeros - Familia Noble
Nobres na:España (Vizcaya)
O país ou região do dossiê refere-se principalmente aos locais onde a família foi atribuída à nobreza e podem ser diferentes daqueles de residência.

Traço heráldico :
Camus

Español
Coroa de nobreza CamusLinaje originario de Vizcaya. En la villa de Bermeo, del partido judicial de Guernica, tuvo su primitiva casa solar, que estaba sita cerca de la iglesia mayor, en la que tenía enterramiento propio. Enlazó esta casa de C., en Bermeo, con la de Zugasti, y era Señor de ella, en mediados del siglo XV, Pedro de C. Zugasti. De la misma casa de Bermeo dimanaron las casas y ramas santenderinas. El mencionado Pedro de C. Zugasti, Señor de la casa de Bermeo en el siglo XV y natural y vecino de dicha villa, casó con doña Mari Toar y fueron padres de Pedro de C. Zugasti, segundo del nombre y natural de Bermeo, que se avecindó en Santander, en el barrio de Cajo, en 1506, y fundó allí nueva casa. Contrajo matrimonio con doña Catalina de Noja, en la que procreó a Gonzalo de C., natural y vecino de Canjo y esposo de doña María Gutiérrez de Escobedo (hija de Pedro Gutiérrez de Cueto y de su mujer doña María de Escobedo). Dicho matrimonio instituyó vínculo en Cajo el año de 1521 y tuvo los siguientes hijos: Pedro de C., que sigue; Francisco de C., que casó con Clara de Escalante, estos esposos vivían en 1593; Gonzalo de C., Prebendado y Vicario de la iglesia Colegial, de Santander, en 1593; Juan de C., marido de doña María Gutiérrez; Catalina de C., que casó con Diego de Villanueva; y María de C., esposa de Pedro Cruceño. El primero, Pedro de C., testó en Santander el año de 1597 ante Juan Salmón, escribano. ...

Compre um Documento Heráldico com o seu BrasãoCompre um Documento Heráldico com o seu Brasão


Brasão Camus

Brasão da família Camus

1. Brasão da família Camus
Língua do texto: Español


Escudo Camus de España.

ComprarComprar

Verba Volant, Scripta Manent
(As palavras voam, os escritos ficam)
Exemplos de documentos heráldicos
Compre agora um Documento Heráldico Profissional

Confie a história do seu nome de família aos profissionais da Heráldica

Compre um DocumentoCompre um Documento

Pesquisa Sobrenome

Como fazer uma pesquisa heráldica preliminar

É possível fazer uma pesquisa preliminar em nosso arquivo. Cerca de 100.000 traços heráldicos, origens de sobrenomes e brasões estão disponíveis gratuitamente. Basta escrever o sobrenome desejado no formulário abaixo e pressionar Enter.



Notas legais

  1. Todo o conteúdo desta página é distribuído sob licença Creative Commons Attribution - Share Alike 3.0 Unported . em palavras simples, você pode copiar, vincular e publicar qualquer página ou imagem com o único aviso para indicar a fonte: heraldrysinstitute.com.

  2. Para pedidos de correções, acréscimos ou publicações de informações heráldicas, escreva-nos um e-mail com o texto e a fonte bibliográfica ou histórica.

  3. O conteúdo mostrado não constitui atribuição de um título nobre e eles não atribuem relações de parentesco entre sobrenomes homônimos; os brasões expostos ou mencionados foram combinados com um apelido ou variante. Esta não é uma pesquisa genealógica.

  4. Uma Traço heráldico é um ponto de partida para pesquisadores e ainda não foi revisada; um Pré-visualização heráldica e genealógica é um dossiê com maior confiabilidade.

    Se você comprar um de nossos documentos heráldicos uma nova investigação heráldica completa é realizada por um heraldista experiente.

  5. As variações de sobrenomes são frequentes e derivam principalmente de atos involuntários, como erros de tradução ou inflexões dialetais, ou de atos voluntários, como tentativas de escapar da perseguição ou aquisição de títulos e propriedades de outras famílias