1. Home
  2. Pesquisa Sobrenome
  3. Resultado da pesquisa
  4. Traço heráldico Peres

Sobrenome: Peres

Dossier: 655194
Tipo:Traço heráldico
Uma Traço heráldico é um ponto de partida para pesquisadores e ainda não foi revisada; um Pré-visualização heráldica e genealógica é um dossiê com maior confiabilidade.

Se você comprar um de nossos documentos heráldicos uma nova investigação heráldica completa é realizada por um heraldista experiente.

Língua do texto: Español
Nobreza: Señores - Caballeros - Familia Noble
Nobres na:España (Portugal)
O país ou região do dossiê refere-se principalmente aos locais onde a família foi atribuída à nobreza e podem ser diferentes daqueles de residência.

Traço heráldico :
Peres


Compre um Documento Heráldico com o seu BrasãoCompre um Documento Heráldico com o seu Brasão

Español
Coroa de nobreza PeresApellido patronímico, derivado del nombre propio de Pedro o Pero, antes Petrus. No tienen relación entre sí las distintas familias que usan tal denominación. Una rama de este apellido se radicó en Portugal bajo las formas de Peres o Pires, siendo la primera más antigua. De ella proceden los P. primitivos de Canarias, documentalmente probados para Tenerife y La Palma, desde el siglo XVI, donde fueron oficiales de las antiguas Milicias Canarias y comisarios y familiares del Santo Oficio de la Inquisición, además de fundadores religiosos, especialmente en Icod (Tenerife). En 1732, Marco P. y Ana Domínguez, su mujer, pidieron permiso para levantar un altar en la iglesia del convento del Espíritu Santo de Icod, en el sitio de una sepultura y arrimo que allí tenían, a fin de colocar en él una imagen de Santo Domingo de Guzmán que su yerno Pablo Perdomo de Béthencourt había embarcado en el puerto de Campeche en 1726. Su hijo Manuel P. Domínguez fue comisario del Santo Oficio. Otro hijo, el alférez Cristóbal P. Domínguez, contribuyó al engrandecimiento del retablo y altar familiar de Santo Domingo de Guzmán. Doña Lucía P. Domínguez, esposa del Teniente Pedro Perdomo de Béthencourt, hija de los fundadores, ya viuda, fabricó el altar de la advocación de San José en la iglesia de San Agustín, de Icod, en 1773, que todavía se conserva. ...
Para saber mais

Brasão Peres

Brasão da família Peres

Brasão da família
Língua do texto: Portugûes

Partido: na primeiro de vermelho, com cinco flores-de-lis de ouro; na segundo de vermelho, com uma cruz de prata florenciada e vazia.

ComprarComprar

Verba Volant, Scripta Manent
(As palavras voam, os escritos ficam)
Exemplos de documentos heráldicos
Compre agora um Documento Heráldico Profissional

Estamos realizando o maior arquivo digital mundial de brasões
Certifique-se de que sua família estará nela

Compre um DocumentoCompre um Documento

Pesquisa Sobrenome

Como fazer uma pesquisa heráldica preliminar

É possível fazer uma pesquisa preliminar em nosso arquivo. Cerca de 100.000 traços heráldicos, origens de sobrenomes e brasões estão disponíveis gratuitamente. Basta escrever o sobrenome desejado no formulário abaixo e pressionar Enter.



Notas legais

  1. Todo o conteúdo desta página é distribuído sob licença Creative Commons Attribution - Share Alike 3.0 Unported . em palavras simples, você pode copiar, vincular e publicar qualquer página ou imagem com o único aviso para indicar a fonte: heraldrysinstitute.com.

  2. Para pedidos de correções, acréscimos ou publicações de informações heráldicas, escreva-nos um e-mail com o texto e a fonte bibliográfica ou histórica.

  3. O conteúdo mostrado não constitui atribuição de um título nobre e eles não atribuem relações de parentesco entre sobrenomes homônimos; os brasões expostos ou mencionados foram combinados com um apelido ou variante. Esta não é uma pesquisa genealógica.

  4. Uma Traço heráldico é um ponto de partida para pesquisadores e ainda não foi revisada; um Pré-visualização heráldica e genealógica é um dossiê com maior confiabilidade.

    Se você comprar um de nossos documentos heráldicos uma nova investigação heráldica completa é realizada por um heraldista experiente.

  5. As variações de sobrenomes são frequentes e derivam principalmente de atos involuntários, como erros de tradução ou inflexões dialetais, ou de atos voluntários, como tentativas de escapar da perseguição ou aquisição de títulos e propriedades de outras famílias